quarta-feira, março 15, 2006

PERGUNTA




Insistes Lua?
Para que eu desfaleça
E me perca num naufrágio imenso
Me renda vencido
E
Confesse o meu amor por ti?

Seduzes-me lua!
A revelar-me em cada gesto, em cada acto
Num acto de contrição assumido.
Um cântico lúbregue que ressoa.
Escuto o eco entre os muros deste castelo prisão

Encantas-me lua!
E eu ando como alma vagueando só
Por entre as ameias e as torres
Deste castelo de fadas…
Escuto o teu canto como ninfa
Mas não te encontro

Quem és Lua?
Quem és?

Tu sabes Lua
Tu sabes…
Um dia vou amar-te perdidamente
Um dia!
Viram as lágrimas que escorrem no olhar
Como os rios que se juntam no mar
Como as pétalas das rosas sem vida caídas
Ou as mágoas doridas no peito
Um dia!

João marinheiro ausente 14/03/6
Fotografia gentilmente cedida por Tess

3 comentários:

Arthur Saraiva disse...

Uma das mais lindas mensagens que lir até hoje!! Como e bom amar, ter amizades verdadeiras mas infelismente a humanidade não sabe cultivar as coisas boas da vida esse poema e um ensinamento do que é o amor parabéns pelos teus lindos poemas.

Ana Luar disse...

Fiquei sem palavras mar...
Tens uma forma de escrever tão apaixonada que me impeles à escrita.......apetecia-me responder-te com um poema. Mas se o fizesse iriam dizer que a lua anda de caso com o mar. Nunca entenderiam a nossa cumplicidade. Gosto de ti mar, já o disse e vou dizer pela minha vida fora...és uma pessoa deveras especial...uma pessoa que tem o dom dos sentimentos puros...que os clama aos 4 ventos na forma de poemas escritos pelas mãos cansadas do poeta, que não consegues matar.
E embora nenhuma palavra seja inocente, são deveras lindas as palavras que nos diriges.
Em cada palavra leio um grito, em cada virgula um desejo, em cada paragrafo um sentimento que cresce, um respeito que aumenta...uma pureza de alma inigualável.
Gosto de ti mar!!!

tess disse...

ola! penso k tudo o k tinha a dizer sobre este poena ja foi dito anteriormente!
sinto un grande carinho pur alguem com uma claresa de espirito tao grande e uma magia tao especial com k formulas as palavras!
sintu-me onrada pur teres escolhido a minha foto para inicio deste poema!
merci e continua assim!