segunda-feira, abril 17, 2006

SAUDADE



Escuto a saudade que range nos cabos
Que se enrolam à volta da cintura
Estamos presos os dois aos filamentos frágeis
Que fazem o fio que tece o cabo que nos aguenta…
És o meu cabo das tormentas
És o meu cabo da esperança
És o meu cabo de vida!
Um fio de cabelo cinza que brilha na tempora
Um fio de luz na noite profunda
O relâmpago branco do farol onde habito
A minha ilha das Berlengas
O som forte q rasga a noite espessa
O cheiro da névoa no mar…

Escuto a saudade que vem das entranhas
O ruído compassado e forte
As centenas de cavalos diesel
Que giram
Rodam
Um volante descomunal volteando
Em 200RPM certas
Levam o navio que se afasta de mim
Se afasta de ti
E fica o vazio da esteira branca em espuma salgada, a ardência do mar.
Que se esvai na próxima vaga
E volta o silêncio
Onde escuto a saudade que range nos cabos.

Tento, volteio, e não sei que faço
Ando aqui de trás para a frente e da frente para trás
Neste convés velho carcomido onde piso a medo
Com medo que se partam os vaus
Se desconjuntem as cintas
E eu caia num mar sem fundo
E o cabo à cintura, o cabo de vida, o arnês!
Seja um cabo solto
Um cabo de tormentas de novo
Por tuas mão não serem

A outra parte de mim!
O meu porto seguro…

João marinheiro ausente.
Fotografia de Barcoantigo

9 comentários:

Anónimo disse...

o amor é segurança e saudade é bom sinal(há quem não saiba o que é a saudade),fiquemos feliz de sentir-la
ainda bem que estas presente e que aquele grito de ires embora o vento levou mas te trouxe de volta
fica c deus, ia me ausentar e vou da net, mas pelos vistos ainda permaneço aqui
que tenhas tido uma pascoa feliz e que tenhas uma excelente semana
bjo ...http://quemestaai1.blogs.sapo.pt

Claudia_peixinha disse...

A casa da saudade chama-se memória: é uma cabana pequenina a um canto do coração.
(Henrique Neto)


Excelente!Gostei!
Bjs!

tb disse...

Entregar totalmente e nas ondas ficar, enrolando e recolhendo os cabos para a saudade transformar...

Mendes Ferreira disse...

_________________
_________________
não quero perturbar. este momento.
belíssimo. e a fotografia acompanha este navegar. sóbria e sabiamente.
________________
________________
~~~~~~~~~~~~~~~~
beijo.

© Piedade Araújo Sol disse...

...o teu estilo João, sempre bem conseguido...

tb disse...

...volte! olhando o mar e sonhando, me quedei...

free emotions disse...

OLa
hoje estás ondulante, preso por um fio de saudade!
as tuas palavras abraçam-nos.
gostei da mensagem pessoal,todos nós temos momentos desses! mas há sempre alguém no horizonte a perscutar os nossos passos.
Bjos

Lanna disse...

Ai o mar, o mar...

Isa&Luis disse...

Gostei de ler

Saudade faz-nos sentir vivos, apesar da dor que vai amenizando,mas fica sempre alojada no coração.

jinhos

Isa