domingo, abril 16, 2006

PAIXÃO EM PÁSCOA




Acreditem em mim
Sou eu que sou a verdade e a vida…

Eles não sabem Pai
E eu não lhes vou dizer…

Nesta hora bendita em que sofro na cruz
Nesta hora sagrada em que o sangue se liberta do corpo gotejando.

Eles não sabem Pai
O amor que lhes tenho.

Porque me abandono em teus braços
Me penitencio por eles meu Pai

Não!
Eles não sabem.

Não imaginam Pai, a dor imensa que vejo na eternidade futura
As guerras, lutas, as mortes…

Não, eles não sabem
O sofrimento que ai vem…

Acreditem em mim
Que sou a verdade e a vida

E porque vos perdoo hoje
Neste lugar de lágrimas
Recolhido que estou no olhar da Mãe
Aconchegado que fico no coração da Madalena

E porque o meu tempo chegou
Ficam sem saber
Porque já não lhes vou dizer

Hoje

Eu que parto para junto de ti…

João marinheiro ausente
Fotografia de Barcoantigo

3 comentários:

© Piedade Araújo Sol disse...

regresso inspirado na época pascal...sê bemvindo...

tb disse...

quanto mais se sabe, mais se sofre...quanto mais se ama, mais se pena...

hl disse...

Amor é Vida.