domingo, abril 23, 2006

FRIO...


Sinto arrepios de um frio por dentro
lá fora está sol...
Vou até ti assim, desmotivado.
Mergulho em ti nas entranhas no profundo azul esverdeado
Deixo o sol quente que brilha.
Vou para baixo ao limite do fôlego, vou perdido
De encontro aos lodos viscosos
Paro vinte metros abaixo, comprimido, atordoado
E fico repousando. quero ficar...
Olho para cima
O sol em raios de cristal corta a água em clarões de luz
Que cegam meus olhos cansados e tristes
E eu no limite extremo, desfalecido
Num último impulso regresso
À vida
João marinheiro ausente
Fotografia Google

7 comentários:

hala_kazam disse...

sinto frio...foste tu que partiste e aqui me dixaste se nada com que explicar esse frio que dentro de mim existe...

*beijos*

Isa&Luis disse...

Olá,

vim até a ti através de outros

Gostei de passear no teu cantinho, cheio de sentimentos e emoções.

"Ainda bem que temos força para não desistir dos nossos objectivos"

jinho

Isa

Claudia_peixinha disse...

Ao contrário de ti ,quando cá venho nunca sinto frio,tuas palavras são quentes cheias de sentimento.

Bjs,desejos de boa semana!

Catwoman disse...

Miau...
Muito intenso o teu cantinho... Dá vontade de te levar para o meu esconderijo!!!

Miauu*

Mendes Ferreira disse...

gosto que regresses. assim. à vida.


é bom ler-te.


beijo-.

Vanda Baltazar disse...

:) fiquei feliz por te teres sentido em casa :) eu aqui, a bombordo sentada, também faco minha a tua proa :) Bons ventos te levem e... te tragam sempre :)

à vida, ao sol, ao sopro!

Beijos mareados

Van

A minha pele..o meu cheiro.. disse...

Sinto arrepios, tenho tanto...frio! quero ficar aqui...

Bjx com cheiro da pele.