sábado, setembro 09, 2006

...E uma dor no peito que violenta
a imensidão de não ser nada...

6 comentários:

Su disse...

respira fundo...e verás a imensidão de ser..
jocas maradas

A. disse...

...és muito João.
Acredita que és.
A dor existe...mas nunca te
tirará tudo aquilo que és.




Coragem.
ana.

A Cor do Mar disse...

Um grd beijinho no teu coracao ;*

Ana Luar disse...

Perante o universo João... somos realmente... nada.

Mas perante o Nada, nós somos tudo.

E concordo com a Ana,

tu és...

marisol disse...

Ao negares que és nada, estás a declarar-te tudo... menos por menos dá mais.

APC disse...

Porque um nada imenso nos magoa inteiros...