sábado, junho 02, 2007

Ontem foi dia da criança, hoje deparo-me com esta notícia que fizeram o favor de me enviar. E porque ontem foi dia da criança e porque me incomoda este Portugal sem rumo abro a excepção e aqui expresso a minha indignação publicando o mail recebido:


«Hugo Marçal está em vias de ser admitido a frequentar o curso de auditor de justiça do Centro de Estudos Judiciários. O nome do arguido no processo de pedofilia da Casa Pia vem publicado no Diário da República de ontem, entre centenas de candidatos a frequentar a escola que forma os juízes portugueses. Mas ao contrário dos outros, Hugo Marçal não vai prestar provas. Pelo facto de ser doutor em Direito – grau académico que terá obtido em Espanha – está por lei «isento da fase escrita e oral» e tem ainda «preferência sobre os restantes candidatos». Resultado: o advogado de Elvas está na prática à beira de ser seleccionado para o curso que formará a próxima geração de magistrados!O nome de Hugo Manuel Santos Marçal surge na página 4961 do Diário da República, 2.ª série, com o número 802, na lista de candidatos a ingressar no CEJ. Se concluir o curso com aproveitamento e iniciar uma carreira nos tribunais – primeiro como auditor de justiça, depois como juiz de direito – Marçal terá também o privilégio de não ser julgado num tribunal de primeira instância.·»

AH,POIS É!!! É O PAÍS QUE TEMOS!!!

Obrigado Cristina pela informação

3 comentários:

Marta disse...

Eles sabem sempre como escapar.. sempre. Portugal no seu melhor e a dar o exemplo.Pois sim.

Maria disse...

É o país que temos, como dizes.
Mas é também o país que fazemos, ou que deixamos que façam...

Um abraço

mar... disse...

Não apenas um país, mas o planeta! Infelizmente está minado por este tipo de erva à enraizar-se e fecundar para a tristeza de quem luta por um mundo mais justo.

...Nosso único direito?
Indignação!

abraços sempre