quinta-feira, abril 24, 2008

Navegar é preciso...



Encontramo-nos no mar. O mar dos teus olhos

2 comentários:

mar... disse...

Encontramo-no sim meu amigo do coração!

E aqui deixo parte de um texto
“DIGNO DE MEMÓRIAS “
Dos mais belos e delicados que Alguém trajando o coração de sinceridade delicadamente “OUSOU COMO POETIZA” dizer.
Fortes palavras exaladas ... Definindo-o com toda dignidade “AMIGO TÃO ESPECIAL” porque assim também o sinto João!






Hoje senti necessidade de venerar alguém que vive dentro de mim e junto de todos aqueles que amo , fazem de mim uma cascata de sentires. Alguém que tive o prazer de conhecer e que me mostrou que existem homens que não deixam de ser HOMENS por serem leais, amigos, transparentes, simples e tão cheios de amor que o mundo se torna pequeno para comportar a sua grandeza.

Um marinheiro nas horas vagas, um poeta sonhador, um homem que desconhece na integra o quão profundas são as palavras que nos oferta, um mar de inocência não assumida que faz do sentir algo de tamanho imensurável.
Um homem que não se preocupa em esquecer por passar a vida a memoriar.
Autora: ANA

Um abraço especial

Andreia Ferreira disse...

Uiiii... Vais visitar a minha segunda cidade? :)
Beijinho