segunda-feira, janeiro 08, 2007


Sabes a paz do vento nas asas da gaivota
Nas velas do velho barco
Na cara do marinheiro triste
As águas doces tranquilas
Um sorriso no olhar
Fico assim.
Aqui!
Dou-te a mão
Obrigado!


João marinheiro 03/01/07
Fotografia de Helena Paixão

6 comentários:

tb disse...

Voando cheguei aqui. Descansei e li...dou-te a minha mão e levanto de novo voo. Levo-te para veres outros mares, marinheiro, outros olhares, outros universos...vem que estás a precisar! :)
Seguro a tua mão

Bruna Pereira disse...

Que paz transmite essa tua maresia de palavras...

:)

mar... disse...

Leio a tua paz
Sinto a tua paz
Vejo a tua paz...
É um vazio que encerra-se
num momento único,
pois é o sentir do Absoluto!!!
Dou-te a mão
Obrigada!

A. disse...

...dou-te a mão.
sigo o mesmo caminho.
mais e mais...queremos mais J.


:)





querido marinheiro.
fica,fica assim.

um beijinho João.

Y. disse...

marinheiro....cheguei. saudosa deste mar que tb é porto....


obrigada.





(Piano)

Maria disse...

Recuei alguns anos...
... ao tempo de bruxelas, depois ao concerto no coliseu, tendo entretanto passado revista a toda a obra de léo ferré, um dos meus cantores preferidos, logo a seguir ao jacques brel...

E tu em marselha e eu em amesterdão...
com o brel pelo meio...

Fica bem, joão