domingo, maio 14, 2006


Dedico-te este poema
Em forma de palavra amor

A
de ausência

M
de mundo

O
de oceano

R
de rio, o nosso rio ao sul…

4 comentários:

tb disse...

Remar no Oceano Mudo às Ausências, porque elas nadam no vaivém das marés...

Ana Luar disse...

Na forma da palavra amor, constrois sonhos... que coabitam com o silêncio.

Mendes Ferreira disse...

A de amar a síntese. esta.

A. disse...

Tens saudades
...abraço-te.