domingo, março 18, 2007

O tempo fora da lei…




O tempo é um fora da lei…O tempo que temos é um tempo bandido. Fugitivo. Disfarçado. Difícil de agarrar, não gosta de prisões, é livre. Solto.


Entre o nada vazio e o pouco prefiro o pouco. Tenho tão pouco, temo que esse pouco seja um quase nada. Quero-te e não posso querer-te. Porque te procuro sempre nunca te encontro, e quando te encontro, das raras vezes vejo-te de saída. Partes. Fico a olhar-te. É esse pouco que tenho de ti. O tempo é um bandido fora da lei. O olhar-te na ida. Mas nunca te olho na vinda. -Não vens! O tempo disfarçado…


- Espero. Mas espero!


Continuo a esperar. Espero que um dia possas vir e eu adivinhe que vens. Que regressas. O tempo aprisionado. Nesse dia vou ter o tudo de ti. - O tempo pleno.
- Espero!



Enquanto isso tenho de ti o pensamento perene como uma árvore que cresce com folhas verdes e viçosas. - O tempo ausente! Podes ser como uma árvore. Quero que sejas como um carvalho vagaroso no crescimento. Crias as raízes em mim e não te dás conta. Eu dou, mas nem tempo tenho de te dizer isso porque o tempo foge.


João marinheiro 2006
Fotografias Google

6 comentários:

nena disse...

Cansei-me do tempo que não tenho,
do tempo de chegar donde não venho
de me ajustar onde não sirvo,
de forescer onde me mirro.
cansei-me de me cansar sem correr
de me pagar sem me vender
e de me dar sem receber.
mudam-se os tempos;
e com eles as maldiçôes,
os ventos e as sensaçôes.
quero novas de além-mar,
tesouros, mel e vinho
e deixar tombar as vestes plo caminho.
boas novas me trazes madrugada..
nua, direita e não velada.

joão marinheiro disse...

Nua...A coisa promete...

nena disse...

ó se prometeu!..de tal maneira que me tranco em casa..fico mais segura.
he.he..

(malandro)

Maria disse...

O tempo. Sempre o tempo. A falta dele. Ou o tempo em que já não há tempo para se ter tempo para...

Um abraço

Bruna Pereira disse...

Ó..... Que lindo.
Gostei muito da escolha das ilustrações.

(Bela viagem)

:)

rtp disse...

Tempo, esse criminoso recalcitrante!