terça-feira, fevereiro 28, 2006

BUSCA










Hoje vou atrás de ti até te encontrar.
Não me importa que te encontre numa rua qualquer desta cidade imensa
Hoje ganhei coragem, vencida que foi a timidez inicial
Hoje quero fazer amor contigo. Quero sentir-te mulher
Hoje quero adormecer nos teus braços.
Assim quando chegares vou estar vigilante
Para que não te sintas só na imensa cama
Vou receber-te com beijos e carícias
Perder minhas mãos sôfregas e doridas por teus cabelos macios.
Deixar que recostes tua cabeça no meu peito cansado
E dizer que te amo. Confessar que te amo.
Não me importa se é um amor comprado
Ou um amor oferecido sob a luz de um néon
Numa conquista barata de um rosto sob camadas de creme
Quero que te sintas amada
Porque quero adormecer nos teus braços ternos

2 comentários:

Ana disse...

Atitude meu querido...estás cheio de atitude. Gosto de te sentir assim decidido...apaixonado. Vai em busca da felicidade...não esperes que ela venha ter ctg.

tb disse...

Hoje quero! Sim devemos querer.