segunda-feira, setembro 08, 2008

pisar o risco...


6 comentários:

Crystal disse...

É imprescindível fazê-lo!...

Justine disse...

A tentação é permanente, essa de pisar o risco, ou de passar para o outro lado do espelho (ou do mar..), ou de visitar o lado escuro da lua!Mas é o sal da vida.

Bem-vindo a este lado, a viagem foi longa:))

Abelhaferrona disse...

É verdade João, Vide uma aldeia não bem para os lados da Covilhã, mais para os lados de Seia, perto, bastante perto um lado do outro, tb neste País tão pequeno, qualquer sitio é perto.
Sim, uma aldeia linda, perdida entre um vale, onde o Mondego corre, descendo entre fragas escorregadias, ladeado de pinheiros, água gelada, sol quente, os corpos aquecem ao sol deitados nas pedras, ouvindo o vento entre os pinheiros.
A minha avó era de lá, o meu avô era cigano e veio de Espanha vender mantas a cavalo e apaixonou-se por uma Ana que viria a ser a minha avó que não conheci. Ele sim, ainda me lembro de me dizer quando lhe chamava avó, ele dizia como se diz ninhã? Abuelo. Ah sim estais mejor. Nunca falou português, naturalizou-se português mas manteve sempre no sangue a sua língua. Era um fascinio aquele homem de cabelos brancos e olhos azuis.
Um abraço
Abelhaferrona

pin gente disse...

gosto de o fazer!

Iveta disse...

a tentaçao iminente...!

sofialisboa disse...

e não passamos o rico? eu já passei umas vezes magoei-me outras valeu a pena. sofia